Governo do Estado orienta usuários dos restaurantes populares e cozinhas sobre alimentos saudáveis

Ciclo de palestras e oficinas da Seas enfoca consumo de alimentos que ajudam a fortalecer organismo contra a Covid-19

Manaus/AM – O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Assistência Social (Seas), iniciou um ciclo de palestras e oficinas nutricionais direcionadas aos usuários  sobre alimentos que ajudam no combate à Covid-19. Desenvolvida por meio da Gerência de Ações Descentralizadas de Segurança Alimentar e Nutricional (Gadsan) da Seas, a ação é direcionada aos usuários dos quatro restaurantes populares e três cozinhas mantidos pelo Governo, com apoio da iniciativa privada. Os trabalhos iniciaram nesta quinta-feira (13/08) e se estendem até o final do ano.

Criados para promover a segurança alimentar da população em situação de vulnerabilidade nutricional e alimentar, os equipamentos socioassistenciais agora vão receber semanalmente, a partir das 10h, uma equipe técnica da Gadsan, que fará palestra sobre alimentos saudáveis e nutritivos e como fazê-los.

Com suporte de data show e realização de oficinas práticas, nos próprios restaurantes e cozinhas, os usuários são orientados sobre o consumo de alimentos saudáveis, em especial sucos naturais, que ajudam a aumentar a imunidade e com isso evitar a contaminação pelo novo coronavírus, causador da Covid-19.

O nutricionista Renan Verde, que faz parte do Projeto Alimentação Adequada, disse que a iniciativa tem como base a Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional (Losan), que tem como princípio levar às pessoas a se alimentarem de forma adequada. “Em tempos de pandemia se faz necessário ingerir produtos que ajudem a manter a imunidade em alta”, frisou.

As refeições servidas nos Restaurantes Populares fazem parte do Projeto de Garantia do Direito à Alimentação e custam o valor simbólico de R$ 1 porque são subsidiadas pela iniciativa privada, por meio de uma parceria público-privada. O cardápio inclui arroz, feijão, macarrão, salada e uma proteína variada (frango, carne, fígado, peixe e outros). Já as sopas servidas gratuitamente nas cozinhas populares têm o patrocínio do Governo do Estado. 

Ações educativas – De acordo com a chefe da Gedsan, que integra o Departamento de Proteção Social Básica (DPSB) da Seas, Kalinny Alves, essas ações já são contempladas no objeto do projeto de Fortalecimento da Alimentação Adequada, que prevê a realização de ações educativas em Educação Alimentar e Nutricional (EAN).

“O objetivo é que a oferta de refeições nos pratos não fique restrita apenas a essa ação, mas também na oferta de educação e capacitação dos nossos usuários”, sintetizou.

Os restaurantes populares administrados pelo Governo do Amazonas, por meio da Seas, estão funcionando desde o dia 15 de junho, seguindo as orientações do plano de reabertura responsável. Devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, anteriormente estavam funcionando como ponto de entrega de alimentos. 

Confira os endereços

Restaurantes Populares

• Restaurante Popular Centro: Rua Joaquim Nabuco, 847 (antigo prédio do Sine) 

• Restaurante Popular Novo Israel: Rua Bom Jesus, s/nº, Novo Israel (entre a delegacia e o Caic)

• Restaurante Popular Compensa: Rua Izaurina Braga, 543, Compensa

• Restaurante Popular Jorge Teixeira: Rua Cássia Baiana, 340, Jorge Teixeira (próximo à Escola Estadual Vasco Vasques)

Cozinhas Populares

• Cozinha Popular Alfredo Nascimento: Rua Marcos Cavalcante, esquina com rua 2

• Cozinha Popular Rio Piorini: Alameda Rio Negro, esquina com a rua Amazonas

• Cozinha Popular Parque São Pedro (Carbrás): Rua Edwirges, s/nº, Parque Carbrás (antiga rua Plácido – Invasão da Carbrás)