IML identifica dois homens que morreram em confronto no Santo Agostinho

Manaus-Am O Instituto Médico Legal do Amazonas (IML) concluiu a identificação dos corpos de dois suspeitos de integrar facção criminosa que morreram durante ocorrência policial no bairro Santo Agostinho, na zona oeste, na madrugada deste domingo (21/02). Após denúncias de que um ‘bonde’ promoveria um ataque na área, a Polícia Militar fez uma ação policial e conseguiu prender seis suspeitos com 12 armas de fogo.

Ao trocarem tiros com as equipes da PM, seis homens foram baleados e levados para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, na Compensa, zona oeste. As primeiras três mortes foram confirmadas na madrugada, com a remoção dos corpos pelo IML. Outros três óbitos foram confirmados depois do meio-dia deste domingo, com a remoção para os procedimentos necropsiais.

Até as 18h27 deste domingo, o Instituto já havia identificado Cassiano Pinho da Silva, de 27 anos, e Herbert de Almeida Pereira, 30. Os demais ainda não foram identificados legalmente porque, até o momento, não foram apresentados documentos originais com foto. Caso as famílias não tenham, a identificação ocorrerá pela impressão digital ou por exame de DNA, dentro dos prazos legais.