Delegado Péricles repudia retaliação a parlamentares críticos do atual Governo

O deputado estadual Delegado Péricles (PSL) repudiou, na manhã desta quarta-feira (3), a tentativa do Governo do Estado em desacreditar parlamentares que têm denunciado regularmente os gastos absurdos da atual gestão. De acordo com Péricles, após ter exposto à população os R$ 7,2 milhões gastos com pagamento de jatinhos executivos utilizados em viagens do governador durante ano de pandemia e crise na saúde do estado, ele e outros deputados têm sido alvos de conteúdos disparados por poucos portais que tentam vender como absurdos valores despendidos para o cumprimento de agendas de três deputados em dois anos.

“Outro tiro no pé desse Governo que até para atacar faz mal feito. Fica disparando matérias que apontam valor de R$ 98 mil em contrato utilizados por dois anos de mandato de três deputados, que têm em sua prerrogativa percorrer municípios e viajar para outros estados em agendas de interesse da população, numa tentativa desesperada de justificar os milhões gastos por um único gestor, em jatinhos de luxo pagos por meio de processos ilícitos. Tentativa clara de retaliação a quem não compactua e tem lutado contra atos ilícitos”, protestou o deputado estadual.

Ainda durante discurso na Tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Péricles citou como exemplo o valor gasto pelo atual governador em apenas um voo realizado em jato particular em setembro do ano passado. “Em apenas uma viagem à Brasília, sem contrato, o atual gestor pagou R$261.600,00. Aí ele vem falar da somatória significativamente inferior de não só um, mas três deputados, no período de dois anos de mandato? Eu controlo bem meus gastos, ao contrário do Governo do Estado e já pedi ao TCE-AM e ao MP que apure, inclusive, esses voos utilizados de forma ilegal por esse Governo”, concluiu.