Atletas do Amazonas conquistam vaga no Pan-Americano de Wrestling no México

Manaus-Am Quatro atletas do Amazonas garantiram cinco vagas nos jogos Pan-americanos U-15 do México, após conquistarem a medalha de ouro em suas respectivas categorias, durante a disputa do Campeonato Brasileiro U-15 de Wrestling 2021, que ocorreu em Itabaiana (SE), no sábado (10/7). Com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), a equipe recebeu passagens áreas para a competição que a classificou em nível nacional.

“Estamos aqui para fomentar o Alto Rendimento e dedicar um olhar mais sensível aos atletas, que buscam notoriedade nacional e internacional. Nós disponibilizamos 12 passagens aéreas (ida e volta) para quatro atletas juvenis e dois treinadores para a disputa do Campeonato Brasileiro de Wrestling. Tanto que garantimos índices, inclusive, para o Pan-Americano do México”, afirma o diretor-presidente da Faar, Jorge Oliveira.

Medalha de ouro no estilo livre feminino no Campeonato Brasileiro U-15 de Wrestling, categoria até 58 quilos, Laysla Estephany, 15 anos, foi uma das atletas contempladas com a passagem área para Sergipe, onde garantiu a vaga histórica para os jogos Pan-americanos, previsto para outubro na Cidade do México, capital do México.

“Fiquei muito feliz com a ajuda da Faar, pude ir para lá e competir, já que a passagem é muito cara. Graças a Deus, deu tudo certo, fui campeã e agora estou classificada para o Pan-Americano. Vai ser minha primeira viagem internacional. Vou em busca do ouro novamente. A Faar ajuda muito também com os espaços para treinamento como a Vila Olímpica”, relata a lutadora.

Ao todo, o Amazonas garantiu cinco vagas para o Pan: Maik Ibson Almeida, medalha de ouro no estilo greco-romano, categoria até 42 quilos e medalha de ouro no estilo livre masculino, até 44 quilos; Amanda Januário, medalha de ouro no estilo livre feminino, até 36 quilos; Stephanny Envagelista, medalha de ouro no estilo livre feminino, categoria até 66 quilos; e Laysla Estephany, medalha de ouro no estilo livre feminino, categoria até 58 quilos.

“A Faar abraçou a nossa causa e é fundamental essa ajuda nas passagens, pois como a gente sabe, é caro sair do Amazonas para outros estados. Veio em uma ótima hora, pois valia vaga no Pan-Americano e conseguimos classificar uma quantidade boa de atletas. Só felicidade”, comemora Anderson Alves, presidente da Federação Amazonense de Luta-Livre Esportiva e Luta Olímpica (Falle) e técnico da delegação amazonense.

Entre junho e julho deste ano, a Faar já disponibilizou 27 passagens áreas solicitadas pelos profissionais de alto rendimento, entre atletas, técnicos e membros das associações esportivas, com aporte de R$ 36.539,15 ao desporto amazonense. As informações constam no Portal da Transparência do Estado do Amazonas.

FOTOS: Divulgação / Faar